A iniciação de Patrick Zeigler na pirâmide

A iniciação de Patrick Zeigler na pirâmide

Patrick Zeigler foi iniciado na forma original desta cura Sekhem em 1979. Quando em licença do Corpo do Exército da Paz, ele viajou para o Egito para realizar um sonho de infância de passar a noite na Grande Pirâmide de Giza. Ele achou uma abertura para a Câmara do Rei feita por ladrões, rastejou pelo túnel e se escondeu até os turistas saírem. Quando ele estava em posição de meditação no Sarcófago da câmara do Rei, ele reconta que, um som golpeando pulsou pela câmara, e uma luz azul rodando pairou em cima dele. Depois de superar o terror inicial, Patrick passou a noite meditando nesta energia azul elétrica que rodava no padrão do infinito em seu coração. Pela manhã, ele estava coberto em um pó brilhante, e depois ele aprendeu que esta substância espontaneamente manifestada, é conhecida como ouro branco e é usada por gurus na Índia para levantar vibrações espirituais e promover poderes curativos.

No Cairo, ele foi apresentado a um grupo de Sufis que em vez de girar, dançavam um zikir, balançando em uma figura–padrão do oito – que ecoava o padrão do infinito da energia azul. Patrick visitou o Xeique dos Sufis no Sudão que lhe deu contas de oração e lhe passou muitos ensinos.   Quando as orações Sufis à Allah, se tornavam um mantra “All Love”, ele sentia a abertura de  seu coração.  Quando Patrick voltou a trabalhar no Corpo do Exército da Paz no Iêmen, ele começou a manifestar energia curativa. Ele passou dois anos então no Nepal praticando meditação antes de voltar para casa nos EUA, em 1983, e estudar massagem e técnicas curativas avançadas.

Fonte: ESTAÇÃO VIVER BEM

A iniciação de Patrick Zeigler na pirâmide